Preto e Branco ou Colorido???

-- Deixe um comentário

Quem fotografa sabe que um excelente exercício para melhorar suas fotos e treinar seu olhar é dar um passo para trás ou para o lado, mudar a perspectiva, o enquadramento ou o foco, trocar a lente, testar filtros e técnicas diferentes. Pensando nisso e enquanto ouvia uns podcasts percebi que algumas técnicas aplicadas ao ambiente de trabalho são bem parecidas com este exercício, isso me fez pensar um pouco e traçar alguns paralelos.

O primeiro paralelo sobre o qual pensei a respeito foi a percepção positiva ou negativa de qualquer situação. Na fotografia acredito que poderia comparar com a opção de capturar em Preto e Branco (PB) ou colorido. Nas câmeras digitais podemos selecionar facilmente entre utilizar o PB (Negativamente) ou colorido (Positivamente) e é importante salientar que tanto um como o outro tem suas vantagens.

Visualizando a cena em PB podemos ser mais assertivos quanto ao foco, o contraste e a composição, pois sem as cores podemos nos focar no conteúdo.

Preto e Branco

No entanto, as cores têm a capacidade de trazer à tona as emoções e isso permite selecionar quais sensações e emoções queremos transmitir.

Colorido

Ambas as visões são incrivelmente úteis, atualmente os equipamentos fotográficos permitem fotografar uma cena utilizando o PB e ainda assim manter todas as informações de cores armazenadas no arquivo, sendo possível recuperar as cores e trabalhar com elas para alcançar a emoção que se deseja transmitir.

Tanto na vida pessoal como no ambiente corporativo também podemos utilizar estes recursos. Uma visão negativa pode ser útil para avaliar riscos e permitir uma melhor percepção do cenário geral. Ao mudar para uma visão mais positiva e otimista podemos adicionar as emoções na equação e trabalhar nossas reações obtendo assim um melhor resultado para a nossa vida.

Pense na sua rotina diária, tente analisá-la com estas óticas e veja se este exercício faz diferença para você.

Concluindo:

Para quem quiser ver um pouco mais sobre este assunto de pessimismo e otimismo eu recomendo ouvir os episódios 443 - Tá bom ou tá ruim e 444 - Tá ruim ou tá bom do Café Brasil.

Aproveito este post para agradecer o Luciano Pires por todas as iscas intelectuais que recebo em seus podcasts, e não pense que vou parar por aqui, pois já estou preparando novos posts tratando destes paralelos da fotografia e da vida.

Um abraço a todos,

Wilson Luiz Prosdocimo.